Pular para o conteúdo principal

Betty Boop, a Verdadeira História


Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?








Sua primeira aparição aconteceu em 1930, como coadjuvante num desenho do cachorro Bimbo. Nesta ocasião, Betty também tinha uma aparência canina (uma poodle), mas não demorou a ganhar popularidade e tornar-se protagonista do próprio desenho, deixando esses traços de lado. 

As longas orelhas viraram brincos, Bimbo se tornou coadjuvante dos seus desenhos e Betty adotou uma postura de mulher sedutora, fazendo parte do movimento de negação dos padrões preestabelecidos para as mulheres norte-americanas.


A principal inspiração para a criação da personagem melindrosa foi Helen Kane, atriz e cantora famosa pela canção "I Wanna Be Loved By You", e seu jeito meigo e infantil no palco. Digamos que ela não curtiu muito ser transformada numa caricatura como aquela sem ao menos receber parte dos lucros, então Helen entrou com uma ação, exigindo 250 mil dólares do estúdio responsável por copiar seus trejeitos, voz e seu "Boop-Bop-a-Doop", técnica que ela utilizava cantando.

Helen Kane perdeu o processo, pois descobriu-se que seus trejeitos e até mesmo a técnica vocal eram copiados de Baby Esther, artista mirim e afro-americana de jazz, que frequentemente se apresentava no bairro de Helen. A atriz nunca assumiu a "inspiração". 

Apesar de ser pouco lembrada, Esther fez turnê mundial, realizando shows até mesmo no Brasil, em 1932, cantando em inglês, francês, alemão e português. Durante sua passagem pelo país, a cantora e dançarina mirim foi elogiada pelo então presidente, Getúlio Vargas.

Polêmicas de Betty Boop
Além de fugir dos padrões tradicionais de desenhos, pelo seu visual, em 1934, Betty protagoniza o curta metragem "Ha! Ha! Ha!", onde ela precisa extrair o dente de um outro personagem, usando gás hilariante como anestesia. O gás se espalha por toda a cidade, todos têm crise de riso...o que fez muitos considerarem a cena uma apologia às drogas, rendendo censura. 
Pin on Betty Boop

No mesmo ano, a imagem da personagem precisa ser alterada, a fim de obedecer ás normas morais do "Código Hays". Agora, Betty está vestida até o pescoço, é responsável e não namora o seu cachorro (sim...antes ela namorava o Bimbo). Em 1939 é produzido o último curta da personagem, que seguiu sendo popular, mesmo sem aparições. Suas últimas participações foram em "Uma Cilada para Roger Rabbit" e "O mistério de Betty Boop em Hollywood".



Em 2014, Simon Cowell (o do X-Factor, rapaz) estava trabalhando num filme da Betty Boop. Desde então, não voltaram a falar sobre. 

Comentários

  1. adorei a betty poop...................

    ResponderExcluir
  2. amo essa boneca que corpo lindo ela tem

    ResponderExcluir
  3. -- ela é bastante devassa, mas é queriida --

    ResponderExcluir
  4. muito legal a verdadeira historia dela pena que a minha net e muito lenta e nao deu pra mim ver as fotos mas foi muito legal a historia

    ResponderExcluir
  5. ja ouvi diser que ela era prostituta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas ela è mesmo e vii aki na net q ela fuma droga

      Excluir
  6. historia muuito show porem queria saber também informações da historia que me contaram q ela era uma prostituta no tempo da gerra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história q eu contei é a verdadeira.ela não foi baseada numa prostituta nem nada disso,ela surgiu como uma cadela gorda com orelhas grandes.

      Excluir
  7. Aprendi a gostar da betty boop porque minha tia ama ela,nada a ver esses rumores sobre o fato dela ter sido prostituta,independentemente de ter sido ou não,Qual mulher q não admira as curvas dessa linda boneca?

    ResponderExcluir
  8. Legal a história da betty mais acho ela um pouco vulgar de mais para um desenho infantil acho um pouco desnecessário colocar uma roupa tão justa marcando os seios e com as pernas de fora e ainda colocam uma cinta liga um pouco exagerado de mais né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concodo cm vc c for desenho infantil n pd te isso pra mostrar para uma criança

      Excluir
  9. Mas qual é o problema?

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro a Betty, tenho varios colares dela, e uma carteira profissional

    ResponderExcluir
  11. Eu amo a Betty !!!!!

    ResponderExcluir
  12. Sempre imaginei esse seu poder! Adorei!! rs

    ResponderExcluir
  13. Adoro a Betty e tenho bolsas e chaverinhos lindo!!!

    ResponderExcluir
  14. gente e vdd q ela è uma cadela gorda com as orelhas grandes pq eu nunca viih a orelha dela

    ResponderExcluir
  15. hola my gusta mucho de la historia pero no my gusta de la muñeca

    ResponderExcluir
  16. sempre gostei da Betty Boop guando era mais nova e agora com 49 anos continuo a ama-la. GOSTARIA MUITO Q SEUS ARTIGOS FOCEM MAIS PRESENTE NO MERCADO POIS QUASE NÃO VEMOS MAIS.

    ResponderExcluir
  17. Desde o inicio a betty era um desenho destinado aos adultos, e fazia referência às melindrosas, mulheres que se vestiam diferentes, bebiam e lutavam para serem idependentes, na volta da primeira guerra mundial faltavam soldados e elas assumiam muitos cargos das forças armadas, assim como criaram desenhos fazendo referência à coisas da época, fizeram a betty em referência à elas e inicialmente colocaram ela como uma poodle com corpo de mulher, por conta do bimbo que era um cachorro, criaram uma cadela para ele e usaram o estilo melindrosa, depois q a betty bombou, modificaram ela para uma mulhrr com brincos de argolas, em vários episódios tem referência de duplo sentido à muitas coisas da época, assim como esse da droga, e também a relação de bimbo por betty já era considerada zoofilia já que ela não era mais uma poodle, e com tudo isso o desenho acabou sendo censurado. Mas a imagem de betty perdura até hoje. Eu mesma nasci em 1997 e já a amava desde pequena, pensava "olha que lindo, ela é cheinha, nao tem caelo liso e ainda é curto e é linda" eu não via maldade na imagem nem na cinta liga por nao saber o que era, o desenho foi destinado à adultos, mas a verdade é que a personagem é querida por todos e agrada a qualquer gosto.

    ResponderExcluir
  18. O homem já tem tantos problemas p/resolver , um deles é a fome no mundo,pedofilia,câncer, etc...Pra quê ficar criando teorias conspiratórias sobre um personagem tão querido quanto o Mickey? Hello!

    ResponderExcluir
  19. Cara achei fantástico que poste sensacional muito bacana

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

Entrevista exclusiva bombástica com Dj Juninho portugal da Banda Djavú!

Hoje trago pra vocês mais uma entrevista exclusiva, desta vez com um dos maiores fenômenos do Tecnomelody! Acompanhe minha conversa com DJ JUNINHO PORTUGAL! Que hoje explica várias polêmicas sobre a separação da banda Djavú, além de seu momento atual na carreira.