Pular para o conteúdo principal

De Chavoso da USP a Drag Queen: Canais do Youtube para se desconstruir

YouTube by the Numbers (2020): Stats, Demographics & Fun Facts

É 2020 e quem não está buscando se desconstruir dos conceitos preestabelecidos pela sociedade, está no caminho errado. O momento histórico que estamos vivendo exige que entendamos os fenômenos sociais, tendo consciência dos nossos privilégios e colocando-se na posição de ouvinte diante das mais diversas narrativas. Hoje indico alguns youtubers que têm me ajudado neste processo.



Natália Romualdo e Maristela Rosa apresentam o Papo de Preta desde 2015, canal criado para dar voz às mulheres negra. As duas jornalistas falam sobre cultura pop, beleza, cotidiano e sociedade, fazendo refletir sobre temas importantes. Vale ressaltar o jeito como as profissionais da comunicação denunciam o modo como a imprensa trata o racismo, no quadro "Análise Preta". Na defesa de seus ideais, as meninas usam de vasto conhecimento e muito deboche, eu acho lindo. 


Thiago Torres, morador da Brasilândia, em São Paulo, viralizou como o "Chavoso da USP" e mantêm um canal bastante interessante no Youtube. O estudante de Ciências Sociais fala sobre preparação para vestibular, negritude, gênero e sexualidade, religião, política, veganismo e periferia, tudo isso utilizando gírias próprias do local onde nasceu e democratizando o conhecimento para seus semelhantes. Com o visual funkeiro, ele quebra esteriótipos e divide o conhecimento que vem adquirindo na Universidade de São Paulo.


Tempero Drag era um canal de receitas veganas apresentado pela drag queen Rita Von Hunty, até que o Brasil foi entrando no momento sombrio que vivemos hoje e Guilherme, o ator por trás da personagem, passou a utilizar de seus conhecimentos acadêmicos para falar de consciência de classe, marxismo, exploração da força de trabalho e demais questões sociais, tudo com humor e uma edição dinâmica. O canal tem crescido bastante e vale à pena conferir. 



Agora, falamos sobre Mariana Torquato, do canal "Vai Uma Mãozinha Aí?", definitivamente uma das minhas influencers preferidas. Ela surgiu no Youtube há 3 anos, trazendo representatividade para pessoas com deficiência e expondo seu ponto de vista acerca de uma campanha da Vogue, onde preferiram utilizar atores globais e lhes retirarem partes do corpo através de Photoshop, descartando a ideia de chamar um deficiente físico real. Mariana está ativa nas redes sociais até hoje, lutando contra o capacitismo, e se posicionando a favor da acessibilidade e inclusão. 



Ainda se tem uma visão bastante estereotipada acerca dos indígenas brasileiros, a fim de descontrui-la Cristian Wariu se torna Youtuber e divide sua vivência com milhares de pessoas. O xavante, com descendência Guarani, luta contra a desinformação acerca de seu povo, corrigindo diversos equívocos cometidos ao longo dos anos. Ele esclarece, por exemplo, que a palavra "índio" não é a correta para se referir aos donos desta terra, mas sim "povo originário" ou "indígenas".

Algo muito importante é que a maioria dos influencers citados sempre traz indicações de leituras, documentários e demais conteúdos para aprofundamento sobre os assuntos tratados nos vídeos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop,a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

O Que Houve com Laurie Forman de "That's 70 Show"?

"That's 70 Show" é uma das sitcoms de maior sucesso já produzidas. A série era centrada num grupo de amigos do Wisconsin que, diante das poucas opções de entretenimento da época em que a história se passa, gastava seus dias reclamando da vida no porão de Eric, protagonista do seriado. A irmã mais velha dele, Laurie, foi crescendo na história até fazer parte da turma. Mas, na metade da série, a personagem sumiu abruptamente. 

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.