24 janeiro 2017

Séries Que Deviam Ter Durado Mais

Resultado de imagem para dont trust the bitch in apartment 23

 Se tem uma coisa que falta a este blogueiro que vos fala, esta coisa é dinheiro sorte. Além da mania de ser fã de artista flopado e de banda que acaba, eu também me vicio em series canceladas. Hoje, fiz uma listinha dessas séries que tinham potencial, mas, infelizmente, não caíram no gosto do publico e tiveram fim precoce.

 Cacelada pela ABC, "Não confie na P----do Apartamento 23" trazia Jessica Jones Krysten Ritter numa interpretação fantastica. A atriz vivia Chloe, jovem, linda, louca, "imoral" e, à primeira vista, pior colega de quarto que June poderia ter. Esta ultima tinha a vida dos sonhos, até perder o emprego, o noivo e acabar precisando dividir o apartamento com Chloe. É uma das séries mais divertidas com as quais já topei revirando o catálogo da Netflix. Infelizmente, a série conta com apenas 26 episódios, mas com certeza vale uma maratona.  

Resultado de imagem para happy endings serie

 Órfão de "Friends", comecei a procurar séries de comédia sobre a convivência de um grupo de amigos. Foi assim que conheci "Happy Endings", que tem a premissa tão similar à obra de  David Crane e Marta Kauffman que até pode te causar estranheza. A história começa com um dos personagens sendo abandonado no altar, mas, desta vez, o noive e a noiva tem o mesmo grupo de amigos, e serão obrigados a conviver. Tem tipos bem interessantes no grupo. Até o Damon Wayans Jr. tá no elenco, só pra vocês terem uma noção de como o negócio é bom. Outro personagem muito legal é o Adam, um gay que está bem longe do esteriótipo sempre repetido na TV. A série foi cancelada pela ABC na terceira temporada, ação considerada um dos maiores erros do canal.

 E quem disse que eu desisti das séries com cara de "Friends"? Em "Friends with Benefits", acompanhamos as desventuras amorosas de cinco amigos. Sara é médica, centrada, e está em busca de um marido, mas, enquanto não encontra, transa com seu melhor amigo, Ben. Os outros três amigos são Aron, o nerd-engenheiro-rico, Riley, garçonete e companheira de quarto da Sara, e  Andre, que divide apartamento com Aron e sai por ai pegando gente. Apesar de estar longe de ser uma obra prima, a série me tirou risadas sinceras. Suas duas únicas temporadas estão disponíveis na Netflix. 

Imagem relacionada

 Imagina se "Mad Men" se passasse nesta década e fosse protagonizada por Robin Williams...Imaginou? Pronto, esta série é "The Crazy Ones". Nela, acompanharemos o dia-a-dia na agencia publicitária mais hilária de Chicago, a Roberts & Roberts. Simon Roberts e sua filha estão à frente da empresa. Ele é um publicitário imprevisível, louco e bem sucedido, ela é pé no chão e racional. A série foi o ultimo trabalho do genial comediante Robin Williams e é incrível o modo como ele domina a cena à ponto de só dar para enxerga-lo. Infelizmente, devido ao seu falecimento, a serie chegou ao fim depois de apenas uma temporada.

Resultado de imagem para pan am serie

 E como nem só de sitcom viverá o homem, por ultimo temos "Pan Am", mais uma série supimpa que a ABC cancelou. O drama de época conta a história  de pilotos e comissárias dessa companhia aérea que foi ícone na aviação. A serie começa em 1963 e envolve assuntos interessantíssimos como espionagem. Uma comissária da antiga Pan Am está envolvida na produção da série e ainda participou da preparação de atores, o que só faz tudo mais verossímil. Infelizmente, possui somente 13 episódios de uma única temporada.

 Apesar da vida curta, todas as quatro tinham muito potencial em seu desenvolvimento e merecem ser assistidas. Então, fiquemos na torcida para que as nossas séries preferidas não tenham o mesmo fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário