Pular para o conteúdo principal

"Moleque": O Filme Que Adapta "Chaves" ao Universo Brasileiro

Resultado de imagem para Moleque curta metragem

 Trazendo a tradução do titulo original ("El Chavo") da série que o inspira, o curta-metragem  de Marcos Pena conta a história da chegada de Moleque à vila. O filme tem quase todos os personagens da série original e já foi até aprovado pelo próprio filho de Roberto Gomes Bolaños.

 Lá estão Chaves, agora chamado de Moleque (tradução de "Chavo", como chamam o Chaves no México), Quico virou Fred, Chiquinha virou Francisca e Seu Madruga virou Seu Soneca, apresentando-se como Ramón. Agora, esses personagens tão queridos estão num ambiente mais realista e são trazidos para a realidade brasileira. À principio, é provável que você veja a ideia do diretor (sendo este, também, grande fã da obra de Chespirito) como ruim, vistas as tentativas de versões brasileiras que já foram feitas e tiveram péssimo resultado, mas o curta é muito bem feito e tem elenco afiado.




 Desde o inicio Marcos decidiu que não queria duas coisas: Adulto batendo em crianças, e escrachar os bordões da série. Sacadas muito importantes, que só tornaram o trabalho melhor. Vale lembrar que o curta também se passa numa vila real, esta que é na verdade uma comunidade lá de BH, e que não possui adultos interpretando crianças.

 Em meio à falta de interesse no conteúdo produzido para crianças, o curta não tem grande espaço em festivais brasileiros, mas seu autor sonha em exibi-lo no SBT. Quando entrou em contato com a direção, foi aconselhado que procurasse o filho de Bolaños, sendo este responsável pelos direitos de "Chaves". "Gostei e está liberado", ele disse depois de assistir.


 Nos resta torcer para que haja mais apoio cultural e que o curta seja ao menos exibido pelo SBT, mas, na minha opinião, tem potencial o bastante para se tornar uma serie do canal. O filme completo está disponível no Youtube.

Comentários

  1. Oie!
    Não conhecia esse curta. E já fui lá assistir um pedaço. Ele tá bem bonito e apresenta muto bem os personagens. Acho que é uma bela homenagem ao Chaves.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oii!!

    Acho que sou a única pessoa do mundo que não gostava de chaves. Mas aeu achei ótimo o fato dele pegar esse seriado e recriar sem usar o que me incomodava. Espero que consiga apoio e seja exibido na TV.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Achei bem legal adaptar o seriado para a realidade do Brasil, infelizmente os curtas não tem grande destaque no nosso país, mas espero que esse chame atenção. Já pelo trailer nota-se a qualidade das imagens e que o autor foi bem criativo e mudou pontos necessários, removendo por exemplo a agressão a crianças. Ficou bem legal mesmo, sem dúvidas irei assistir o curta completo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Que legal esse curta! Não sabia sobre a existência dele, mas achei bem legal e depois vou dar uma assistida. Já adicionei aqui nos Favoritos para assistir depois.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  5. Ah, eu amo Chaves e adorei saber da existência desse curta, e achei o máximo ter sido gravado em BH - minha cidade. Com certeza vou conferir, e tomara que exibam sim no SBT!

    ResponderExcluir
  6. Oi vi esse curta através de um compartilhamento no facebook e comecei a assistir, mas não senti identificação e achei bem enrolado, contudo a história é bem desenvolvida e apesar de ser inspirada em chaves bem original. Gostei

    ResponderExcluir
  7. Bem, como o filho do criador aceitou e concordou, não vejo razão para a emissora não apostar em Moleque, mas confesso que eu como fã, estou com receio, o trailer é interessante, mas não sei se eu veria. Enfim, desejo boa sorte ao diretor e criador!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop, a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

De Irmã de Kennedy a Ator de Hollywood: Vítimas Famosas da Lobotomia

Você tem depressão, alguma fobia ou questão psicológica? E se o seu médico receitasse a retirada de uma parte do seu cérebro como tratamento? Pode parecer bizarro, mas esta era uma prática comum no começo do século XX, chamada de Lobotomia. A intervenção cirúrgica desenvolvida pelo médico português António Egas Muniz perdeu popularidade por transformar os pacientes em verdadeiros vegetais quando não os levava à morte. À seguir, tratamos sobre algumas figuras conhecidas que foram vitimas do procedimento.