Pular para o conteúdo principal

Primeiras Impressões: Tudo o Que é Sólido Pode Derreter,o Livro

 

 E não é que eu curti essa coisa de falar sobre minhas primeiras impressões literárias? Gostei tanto que esta postagem está vindo logo após outra do mesmo estilo. O livro da vez é "Tudo o Que é Sólido Pode Derreter", e o autor é Rafael Gomes.

 Como grande fã que sou da série "Tudo o Que é Sólido Pode Derreter", dá para se imaginar como fiquei ao saber que a série da TV Cultura tinha uma adaptação literária. Nada mais natural que uma serie que tanto inspirou adolescentes a lerem se tornasse um livro. Imediatamente percebi que eu a necessitava em minha estante.

Tudo O Que É Sólido Pode Derreter A série estrelada por Mayara Constantino contava a história de Thereza, uma garota que tinha como maior característica o amor pela leitura. No primeiro ano do ensino médio e tendo que lidar com a maioria dos assuntos que qualquer outro adolescente lida, Thereza vai perceber que os clássicos da literatura brasileira podem ter muito mais à ver com seu dia-a-dia do que ela imaginava. Como sua consciência temos o tio Augusto, ator e muito sábio, sempre presente em suas lembranças. E é isso que vemos em "Tudo o Que é Sólido Pode Derreter - O Livro".

 Convidado pela Editora Leya para adaptar a série de 2009 para as livrarias, Rafael Gomes, um dos criadores da série, topou e o resultado está sendo muito bom.

 As 122 páginas que já li vêm sendo de muita nostalgia e bom entretenimento.  Para mim, que acompanhei a serie,a principal diferença é que nos sentimos muito mais próximos da protagonista, já que toda história é narrada em primeira pessoa. Thereza não só convive com os personagens da literatura enquanto lê, mas também enquanto vive, deixando em duvida o que é imaginação e o que é realidade. No livro, isto fica muito mais por conta do leitor do que na série,e isto tem me agradado muito.

Meu personagem favorito continua sendo o tio Augusto, mas ver o mundo através das anotações da Thereza tem me feito gostar ainda mais da personagem e me tem redespertado a vontade de ler mais clássicos, como aconteceu quando vi a série. Enfim, uma segunda temporada me foi prometida, mas não foi entregue. Então me resta ler esse livro o mais lentamente possível. O problema é que tá fluindo muito bem...Enfim, Aguardem uma resenha completa que vem mais pra frente.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop,a Verdadeira História

Betty Bopp hoje é muito conhecida por: Ter a cara em canetinhas, aparecer em camisas de times, e ser uma das tatuagens mais pedidas. Mas ela nasceu nos anos trinta, criada e produzida por Max Fleischer, ela primeiro apareceu em tirinhas, mas logo apareceu em series de curta-metragens. Considerada a personagem de desenho animado mais conhecida no mundo, no começo ela foi criada como um personagem secundário, gordinha e com orelhas de cachorro poodle, onde o personagem principal era o cãozinho BIMBO. Então de "cachorrinha" secundária do Bimbo, ela virou uma dançarina provocante e o Bimbo se tornou um personagem secundário do seu desenho, as orelhas viraram grandes brincos e ela seguiu.

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

O Que Houve com Laurie Forman de "That's 70 Show"?

"That's 70 Show" é uma das sitcoms de maior sucesso já produzidas. A série era centrada num grupo de amigos do Wisconsin que, diante das poucas opções de entretenimento da época em que a história se passa, gastava seus dias reclamando da vida no porão de Eric, protagonista do seriado. A irmã mais velha dele, Laurie, foi crescendo na história até fazer parte da turma. Mas, na metade da série, a personagem sumiu abruptamente.