28 maio 2015

Como Conheci Uma das Minhas Autoras Favoritas

  Imagina estar andando por aí e topar com seu escritor favorito? Tá,tudo bem que não foi tão por acaso assim,mas igualmente emocionante.
 Depois de muito stalkear Renata Ventura e tratar de comentar "Vem pra Salvadoor!" em todas as suas publicações,de repente,não mais que de repente, recebo a noticia de que Renata vem para um evento na Saraiva. Eu simplesmente precisava ir.

 Não muito tempo depois, eis que aquela moça surge perto da fila,e ela tinha o mesmo sorriso da foto da orelha do livro! Renata distribuiu simpatia e conquistou ainda mais com seu jeito tímido. Vivo falando sobre "A Arma Escarlate" por aqui e de como amei esta leitura,só por aí já dá pra imaginar o quão incrível foi finalmente conhecê-la e como deve ter sido minha reação.

 A escritora,que sempre procurou atender aos leitores virtualmente,provou mais uma vez ser um exemplo de humildade. Não houve quem ficasse sem foto (mesmo que se tenha precisado de trocentas tentativas para que a foto ficasse boa...é...talvez eu esteja falando de mim) ou autógrafo em seus exemplares.


 Como o segundo livro da série se passa numa escola de bruxaria em Salvador,a autora ainda promoveu um passeio com os leitores pelos lugares descritos nos livros. Infelizmente,muito infelizmente,não pude ir,mas torço para que hajam outras oportunidades de revê-la.

 O bate papo e a sessão de autógrafos na Saraiva também contaram com a prezença de outros escritores brasileiros. São eles; Renan Carvalho, Felipe Castilho e Landulfo Almeida. Já conhecia o trabalho do Renan,escritor de "Supernova",e já tinha seu livro entre meus desejados,mas pude conhecer um pouco da obra de Castilho e Landulfo (que me interessaram muito). Os quatro falaram sobre preconceito com livros nacionais,deram dicas para futuros e escritores e muito mais. Eu gravei bastante da conversa e a primeira parte está logo abaixo:





Nenhum comentário:

Postar um comentário