Pular para o conteúdo principal

Como Conheci Uma das Minhas Escritoras Favoritas

  Imagina estar andando por aí e topar com seu escritor favorito? Tá, tudo bem que não foi tão por acaso assim, mas igualmente emocionante.
 Depois de muito stalkear Renata Ventura e tratar de comentar "Vem pra Salvadoor!" em todas as suas publicações, de repente, não mais que de repente, recebo a notícia de que Renata vem para um evento na Saraiva. Eu simplesmente precisava ir.

 Não muito tempo depois, eis que aquela moça surge perto da fila, e ela tinha o mesmo sorriso da foto da orelha do livro! Renata distribuiu simpatia e conquistou ainda mais com seu jeito tímido. Vivo falando sobre "A Arma Escarlate" por aqui e de como amei esta leitura, só por aí já dá pra imaginar o quão incrível foi finalmente conhecê-la e como deve ter sido minha reação.

 A escritora, que sempre procurou atender aos leitores virtualmente, provou mais uma vez ser um exemplo de humildade. Não houve quem ficasse sem foto (mesmo que se tenha precisado de trocentas tentativas para que a foto ficasse boa...é...talvez eu esteja falando de mim) ou autógrafo em seus exemplares.


 Como o segundo livro da série se passa numa escola de bruxaria em Salvador, a autora ainda promoveu um passeio com os leitores pelos lugares descritos nos livros. Infelizmente, muito infelizmente, não pude ir, mas torço para que hajam outras oportunidades de revê-la.

 O bate papo e a sessão de autógrafos na Saraiva também contaram com a presença de outros escritores brasileiros. São eles: Renan Carvalho, Felipe Castilho e Landulfo Almeida. Já conhecia o trabalho do Renan, escritor de "Supernova", e já tinha seu livro entre meus desejados, mas pude conhecer um pouco da obra de Castilho e Landulfo (que me interessaram muito). Os quatro falaram sobre preconceito com livros nacionais, deram dicas para futuros e escritores e muito mais. Eu gravei bastante da conversa e a primeira parte está logo abaixo:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop, a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

De Irmã de Kennedy a Ator de Hollywood: Vítimas Famosas da Lobotomia

Você tem depressão, alguma fobia ou questão psicológica? E se o seu médico receitasse a retirada de uma parte do seu cérebro como tratamento? Pode parecer bizarro, mas esta era uma prática comum no começo do século XX, chamada de Lobotomia. A intervenção cirúrgica desenvolvida pelo médico português António Egas Muniz perdeu popularidade por transformar os pacientes em verdadeiros vegetais quando não os levava à morte. À seguir, tratamos sobre algumas figuras conhecidas que foram vitimas do procedimento.