Pular para o conteúdo principal

SBT Já Exibiu Um Suicídio Ao Vivo

Em 1993, Aqui Agora exibiu suicídio de adolescente e chocou o ...

São poucos os jornalísticos preocupados em exibir o que as pessoas realmente precisam saber sem sensacionalizar. A maioria está preocupada em mostrar segredos fúteis de subcelebridades, mortes trágicas, dancinhas vergonhosas e coisas do tipo. Mas há mais de vinte anos que um suicídio foi transmitido ao vivo para quem quisesse ver.

Era um telejornal popularesco com Christina Rocha e Ivo Morganti na bancada. O "Aqui Agora"  foi o precursor em exibir a desgraça humana, mas passou dos limites, até para seus padrões. Às 20:30 daquele dia, a equipe de reportagem do SBT corria até um prédio. Daniele Alves Lopes tinha 16 anos e permaneceu por cerca de quinze minutos no beiral do prédio, até se atirar de lá.

Posteriormente, descobriu-se que um dos fatores motivadores da atitude foi uma paixão não correspondida...talvez o espetáculo criado ao seu redor tenha sido um outro fator. Tudo foi exibido ao vivo, o que aumentou significativamente a audiência do programa...Mas será que valeu à pena? O SBT foi acusado de estimular o suicídio. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop, a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

De Irmã de Kennedy a Ator de Hollywood: Vítimas Famosas da Lobotomia

Você tem depressão, alguma fobia ou questão psicológica? E se o seu médico receitasse a retirada de uma parte do seu cérebro como tratamento? Pode parecer bizarro, mas esta era uma prática comum no começo do século XX, chamada de Lobotomia. A intervenção cirúrgica desenvolvida pelo médico português António Egas Muniz perdeu popularidade por transformar os pacientes em verdadeiros vegetais quando não os levava à morte. À seguir, tratamos sobre algumas figuras conhecidas que foram vitimas do procedimento.