14 dezembro 2014

Meu Pior Pesadelo



  Jesus...Quarenta anos que nem aqui eu apareço,mas já não aguento receber milhões de comentários deste tipo : "Kauaan,to me cortando por causa de você,volte a postar!","Kauan,virei fã da Demi Lovato!" e outras coisas aterradoras. Talvez eu tenha exagerado ao dizer "milhões" e na parte da Demi,também. Enfim. Tô sem PC e a vida tá complicada. Passei por uma coisa bizarra e preciso contar.


 Parecia ser uma manhã como qualquer outra. Minha tia passava aqui para reclamar da vida de dona de casa,como de costume,e minha mãe fingia prestar atenção enquanto assistia "Drop Dead Diva",mais de costume ainda. Os ruídos da TV mesclados aos berros da minha tia me forçaram a acordar.

 Seria realmente uma manhã como toda a outra se não sentisse um cheiro conhecido,mas que não devia estar espalhado por meu quarto. Senti cheiro de algo que os humanos comuns chamam de "Purê de Batatas",mas eu chamo de "Manjar dos Deuses". Que estranho! Aquele cheiro vinha da minha amada estante de livros. Me aproximei. Aproximei meu rosto para ter certeza de que aquela era a fonte de tão sublima odor. E era.

 Mordi. Dei uma mordida em "Tarzan",traduzido por Monteiro Lobato e lançado em 1947. Aquela era o meu livro mais antigo. Meu Deus! Tinha sabor de purê de batatas! Num ato de loucura comi todos os livros,gibis,mangás e comics da minha estante...Os raros eram os mais saborosos.

 Tudo que é bom dura pouco. Duraram exatos vinte minutos. Em pouco tempo só sobravam pedaços de capas por todo o quarto. Neste momento fui tomado pelo desespero. Eu havia comido os meus livros. Gritei,chorei e pensei em suicídio.

 Felizmente eu acordei.


 Então,ainda tô me recuperando deste pesadelo desgraçado. Ainda estou em choque. Enfim. Voltem amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário