18 agosto 2014

Top Três: Melhores Series Adolescentes Brasileiras



 Costumamos consumir muitas séries e filmes destinadas ao público adolescente, mas, infelizmente, a maioria destes tem conteúdo raso. Hoje, venho falar de três séries brasileiras com temática adolescente que eu amo.
 
 Em terceiro lugar temos "Tudo o Que é Sólido Pode Derreter". Estrelado por Mayara Constantino,a serie derivava dum curta-metragem de mesmo nome e contava com treze episódios exibidos pela TV Cultura em 2009.



 Mayara vive Thereza,uma adolescente que acima de tudo ama a literatura. Cada episódio tem o titulo de um livro,que acaba influenciando,e muito, o episódio. Um dos meus personagens prediletos é vivido por Luciano Chirolli, o Tio Augusto,já falecido se torna a consciência da sobrinha que não está sozinha nunca. A série foi mais uma proposta ousada da TV Cultura,mesmo que muito pedissem,uma segunda temporada nunca existiu. A trilha sonora era um show á parte e me apresentou várias musicas que ouço até hoje.



 No segundo lugar temos "Pedro e Bianca",serie de Caro Hamburger que estreou em 2012. O sucesso da série é inquestionável,os prêmios e os fãs (como eu) estão aí e não me deixam mentir.



  Estrelada por Heslaine Vieira e Giovanni Gallo,a série conseguiu falar de rede publica e de todos os problemas vividos pelo adolescente real de forma leve,mas sem deixar de passar a mensagem central. "Pedro e Bianca" conta a história de irmãos gêmeos totalmente diferentes,não só fisicamente. Entre os assuntos abordados na série há gravidez na adolescência,preconceito,homossexualidade,bebida e etc. Outra aposta incrível da TV Cultura que tem muitas chances de haver uma segunda temporada (estou na torcida).



 Em primeiríssimo lugar está "Confissões de Adolescente",obra de Maria Mariana que virou livro,peça de teatro,filme e serie. A estreia aconteceu em 1994 na (obviamente) TV Cultura,mas a serie também foi exibida na Band,Nickelodeon e Multishow.



 A serie era baseada nos diários de Maria Mariana,talvez este tenha sido o grande motivo do sucesso da serie,ser escrita de adolescente para adolescente. Algo que seduziu o publico é que a série contava a história de três adolescentes,cada uma numa época da adolescência. A família era atípica,as meninas eram filhas de pai solteiro,Paulo,vivido por Luis Gustavo. A serie acabava abordando todas as classes sociais e conseguiu uma proeza entre as series da TV Cultura,ter uma segunda temporada. Porém,nesta Deborah Secco não estava presente. Deborah havia aceitado um papel em "A Proxima Vitima",deixando o papel de Carol para Camila Capucci.

 Incrível como agradou e agrada até hoje,"Confissões de Adolescente" parece ser atemporal...como boa parte das produções da TV Cultura. A trilha sonora também é incrível e tem musicas que ouço bastante nos dias de hoje.

 Algo interessante do post de hoje é que as três series citadas foram originalmente exibidas pela TV Cultura,na verdade é a unica rede que vem investindo e inovando nos últimos tempos. Nossa TV ficou carente por muito tempo duma serie adolescente de qualidade e sinto que se a Cultura não continuar não teremos outra. Espero que tenham curtido o post,fiquem com Deus!

Um comentário:

  1. Eu quero ver série brasileira, porque certamente sempre recorrer intereantes e produções. Agora eu estou assistindo a série O hipnotizador, uma produção cheia de serectos revelou através da hipnose e psicologia. Novas e interessantes temas.

    ResponderExcluir