Pular para o conteúdo principal

Entrevista com Leticia Fagnani, a Ciça de "Pedro e Bianca"



 Hoje converso com alguém muito especial,alguém que participou dum projeto incrível e deixou uma marca muito positiva. Ela é Leticia Fagnani,a Ciça de "Pedro e Bianca",que hoje nos conta sobre seus próximos projetos,suas referências e até mesmo se realmente pode rolar uma segunda temporada da serie (K- Kauan ; L - Leticia Fagnani):


K - Como foi participar duma serie de Cao Hamburger,visto que ele criou series que vieram a se tornar grades classicos?

LF- Quando eu soube que ia fazer teste para uma série do Cao Hamburger eu já fiquei imensamente feliz. Eu sabia que ia ser um programa de TV especial porque o Cao realmente sabe fazer histórias com conteúdo. Eu acho que todos nós, quando eramos pequenos, assistíamos ao Castelo Ra-Tim-Bum sem parar e pensar que eu poderia fazer parte de algo como foi aquele programa me deixou muito feliz!

K - A Ciça trouxe o tema da gravidez na adolescência sem usar de drama exagerado,mas passando a mensagem,coisa que poucos conseguem. Na sua opinião,qual a importância da abordagem deste assunto?
LF- Eu acho que tratar desse assunto é imprescindível e nunca é demais lembrar das consequências de não se usar proteção. Entretanto eu acho que a série abordou esse tema de maneira delicada sem deixar de mostrar as dificuldades de tomar decisões mais responsáveis e de se enxergar no papel de mãe.


K - Muito se fala duma segunda temporada da serie. Há possibilidades? Pode nos adiantar algo?
LF- Não me deixe mais ansiosa!!" Haha... Eu escuto muitos boatos de que haverá uma segunda temporada e eu torço muito para que tenha, mas não há nada oficial.



K - Quais seus objetivos e projetos hoje?
LF - Hoje? Bom já tá noite, então ir para cama e dormir bem. Brincadeira... Eu participei de um filme no início desse ano, chamado “Califórnia” da Marina Person, o Giovanni Gallo também tá nele e é um projeto muito legal e que com sorte estreia ano que vem! Meus objetivos são passar nas matérias da faculdade e conseguir mais trabalhos!



K - Você já tem fãs,mas de quem você é fã?
LF - Hahaha... Muito obrigado pelos “fãs”. Eu sou fã de muita gente, inclusive do meu pai, adoro a Anne Hathaway, Meryl Streep, Matthew McConaughey, Wagner Moura a lista é infinita, mas para ser sincera eu admiro muito a Demi Lovato por ela falar abertamente sobre seus problemas para que outras pessoas se sintam melhor consigo mesmas.



 Agradeço muito à Leticia,que nos deu muita atenção e nos recebeu com muito carinho e muito bom humor. Desejamos profundamente que haja uma segunda temporada de "Pedro e Bianca" e que sua carreira seja marcada por muitos outros projetos de sucesso. Espero que tenham curtido,fiquem com Deus!

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop, a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

De Irmã de Kennedy a Ator de Hollywood: Vítimas Famosas da Lobotomia

Você tem depressão, alguma fobia ou questão psicológica? E se o seu médico receitasse a retirada de uma parte do seu cérebro como tratamento? Pode parecer bizarro, mas esta era uma prática comum no começo do século XX, chamada de Lobotomia. A intervenção cirúrgica desenvolvida pelo médico português António Egas Muniz perdeu popularidade por transformar os pacientes em verdadeiros vegetais quando não os levava à morte. À seguir, tratamos sobre algumas figuras conhecidas que foram vitimas do procedimento.