05 julho 2013

Resenha: "Minha mãe é uma peça - O FILME"!

        

Fala povo!aqui é o Kauan(nem sei porque eu falo isso...já que esses tempos só tem eu mermo!) e hoje eu vim fazer a "resenha" do filme "Minha Mãe é uma Peça"(aqui na bahia "resenha" é outra coisa,se você é baiano,este resenha que vou fazer,é comentar o filme,dar opinião e coisa e tal...).


 O filme conta a seguinte história:
 Dona Herminia,mulher de meia idade,separada do marido(que agora está com uma gostosona) cuidando de dois filhos: Marcelina(Gorda,comilona,problemática e rebelde) e Juliano(gay,desleixado),na verdade ela tem três filho,mas Garib(filho perfeito,nunca deu trabalho e tal!) foi morar em Brasília com sua esposa. A história começa quando,por acaso, Herminia houve os seus filhos dizerem que ele é chata e tal,que preferia morar com o pai e com a madrasta,e Marcelina ainda completou "se é pra ser igual a alguém,eu quero ser igual a ela(a madrasta)".Aí ela vai pra casa da tia e fica morrendo de saudades dos filhos,que agora tem que se virar sozinhos sem saber cozinhar e nem nada.Até que acontece(outra vez por acaso) uma reviravolta na vida de dona Herminia.

 Tô louco pra contar o final do filme,mas aí fica sem graça. Concluímos que...O PAULO GUSTAVO É FODA! ele fez uma mulher mesmo cara...ficou incrível! o texto era genial,todas as participações eram,e no final ainda rolou uma participação especial da musa inspiradora do filme,a mãe do Paulo Gustavo. O cara é um super ator. E ele ter conseguido,de repente,transformar comédia em drama,houveram muitas cenas tristes e emocionantes,é um filme que faz rir,pensar,chorar e...rir!
 Então se você não viu...veeeeja! vá até o cinema mais proximo e veja Minha mãe é uma peça,eu esperei este filme desde que anunciaram que ia rolar,e não me arrependi! (agora é esperar "Confissões de adolescente").

Nenhum comentário:

Postar um comentário