Pular para o conteúdo principal

Entrevista com Jholl Bauer, o Pedro do "Crises Inúteis"!

A imagem pode conter: 1 pessoa

Na entrevista de hoje, vamos conhecer mais sobre Jholl Bauer, ator do canal de webséries A Gente Faz Séries, onde interpreta Pedro em "Crises Inúteis de Um Relacionamento Qualquer". 

K - Como é estar num projeto tão legal como este? 

J - Estar em um projeto, como Crises Inúteis, do AGFS, é uma honra enorme. Poder estar trabalhando na profissão que ama, com uma equipe fantástica é sempre bom demais. Considero o convite de integrar este elenco um grande presente... Interpretando o Pedro, então, melhor ainda. 

K - O que podemos esperar para os próximos episódios desta temporada de "Crises Inúteis"? 

J - Podem esperar muitos risos, muitas crises inúteis da Fabi e Vinicius, e Roberta e Pedro. Certamente é diversão garantida. Ao menos, é o nosso objetivo!


K - Como é contracenar com o Kyel, Gabie e Thalita? 

J - Estar atuando com este elenco é maravilhoso. São atores que admiro pra caramba... Considero um elenco muito talentoso. Kyel é um monstro da atuação, sou suspeito pra falar dele, mas ao meu ver, um dos melhores atores dessa faixa etária. A Gabi é foda, um ritmo e uma sacada de comédia genial, não tem muito que falar dela... Ela sabe que a admiro muito (risos). A Thalita não tem nem muito o que falar, simplesmente é a grande estrela do AGFS.



K - Qual é o seu maior objetivo hoje?

J - Tenho vários objetivos. Mas o maior objetivo, assim como o de todos, é Ser Feliz. Todos nós buscamos nossa felicidade. Busco Paz, Amor, Harmonia... Esse é meu maior sonho. SER FELIZ!

K - Além do Crises, que serie do A Gente Faz Series você mais gosta?

J  - Além de Crises, vejo que todas as séries do AGFS tem seu potencial, e tem seu valor. O AGFS não seria o que é sem a existência delas. Por exemplo: "Vida de Mel" é sucesso com o público, vejo ela como o grande recrutador de fãs do canal. "Turn Off", foi interessante demais, um projeto audacioso... Mas por falar em audácia, vejo, hoje, "Um Cara Normal" como uma série "diferencial". Ao meu ver, é a minha favorita, até por ser uma das séries atuais.

 K - O que você acha das atuais series de humor da TV? 

J - O Humor não é um gênero fácil de se trabalhar. Apesar de que muitos pensam o contrário disse, fazer rir é uma arte incrível. Além de que, é impossível se agradar a todos com humor... Vejo que todas as séries são bem planejadas, bem pesquisadas, e tem um público alvo bem definido. Então, ao meu ver, todas desempenham muito bem suas funções. Espero um dia poder ver alguma série do AGFS por lá também!


K - Quando você começou a perceber o reconhecimento do público? 

J  - Já faz um tempinho que percebo o reconhecimento do público. Algumas situações até engraçadas, do tipo: entrar no ônibus e alguém gritar "Aí FODÂÂÂOOO". Ou na balada, você paquerando uma menina e ela dizer "Prefiro você como Pedro, é mais fofo"... O reconhecimento é uma consequência de um trabalho bem realizado. Espero que venha cada vez mais!

K - Muito obrigado pela atenção, fica com Deus!

J -Eu que agradeço pelo carinho. Quando quiserem trocar uma ideia, estamos por aqui! Grande abraço!

Que o coração trace o caminho;
Que a razão ilumine cada passo;
E que a vontade seja persistente.
Nas pedras, mude o trajeto;
Na escuridão, Acenda sua própria Luz"

Muita Paz e Luz para todos!

Comentários

  1. xeente! o agfs é FODÃAAAAO

    ResponderExcluir
  2. queria muito conhecer...

    ResponderExcluir
  3. ADOREEEEEI ,
    ele é muito fofo :) e admiro muito o trabalho dele e do pessoal do AGFS .. um trabalho feito com muita dedicação e que merece muito reconhecimento. E um dia eu espero ver a série deles na TV e quando acontecer eu vou ter muito orgulho deles . beiiijos ..


    aqui está uma entrevista que eu fiz com o Phil do AGFS
    http://jessicahkamei.blogspot.com.br/2013/02/entrevista-com-gente-faz-series.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Betty Boop, a Verdadeira História

Apesar de não estar no ar em nenhuma animação no momento, Betty Boop é certamente uma das personagens de cartoon mais populares do mundo. Ela está por toda a parte, canetas, camisetas de times de futebol e até tatuagens de senhoras de meia idade. Mas qual a sua origem?

Inês, um retrato do Brasil

Em 2012, outro vídeo viralizava na internet. O que parecia ser só mais um meme passageiro trouxe a público uma personalidade pitoresca do país, que acabou por despertar simpatia em milhões de pessoas. Este alguém em questão é Inês Tânia Lima da Silva, mais conhecida pelo nome artístico de Inês Brasil, que, com um vídeo de inscrição para um popular reality show, viu nascer o sonho de uma carreira musical que a tirou da prostituição.

De Irmã de Kennedy a Ator de Hollywood: Vítimas Famosas da Lobotomia

Você tem depressão, alguma fobia ou questão psicológica? E se o seu médico receitasse a retirada de uma parte do seu cérebro como tratamento? Pode parecer bizarro, mas esta era uma prática comum no começo do século XX, chamada de Lobotomia. A intervenção cirúrgica desenvolvida pelo médico português António Egas Muniz perdeu popularidade por transformar os pacientes em verdadeiros vegetais quando não os levava à morte. À seguir, tratamos sobre algumas figuras conhecidas que foram vitimas do procedimento.