24 setembro 2011

Entrevista com Lua blancoooo!


VOCÊ SEMPRE sonhou em ser atriz? Como tudo começou?
Foi em 2008, quando passei para o elenco de apoio da novela Três Irmãs e comecei a fazer aulas de teatro. Me apaixonei pela arte, vi que tinha tudo a ver comigo e decidi investir nela sem deixar o canto, ao qual eu já era dedicada.

SÉRIO? E quando começou a cantar?
Fui criada por músicos numa família extremamente musical, então o gosto pela coisa foi meio que introduzido naturalmente pra gente. Não tenho nenhuma idade marcante em que comecei a cantar, na minha memória sempre foi assim.

E O QUE VOCÊ prefere: cantar ou atuar?
Como cantar é coisa das minhas raízes e é a arte à qual me dediquei a vida toda, tenho um apego e um carinho maior. Mas a interpretação também conquistou um espaço muito forte na minha vida. Hoje planejo fazer as duas coisas juntas, como será o caso com Rebelde.

SEUS FÃS podem encontrá-la sempre na internet? Você curte navegar na rede?
Não gosto de como a internet me suga para dentro dela e me faz esquecer da hora e da vida, então tento evitar acessá-la quando não preciso. Meu maior vício ultimamente tem sido o Twitter (@Lua_Blanco). Me viciei tanto que fiquei um tempo sem entrar. Mas garanto que mesmo quando não tuito muito, sempre leio o que postam pra mim. Tenho muita gente querida me seguindo!

VOCÊ SAIU DA BANDA para se dedicar à novela. Tem previsão para retornar?
Agora estou focada na novela e nos projetos de Rebelde, não quero antecipar meus planos futuros, mas garanto que tenho muitos e que com certeza envolvem a Lágrima Flor! 
FALANDO EM Rebelde, você se identifica com a sua personagem?
A Roberta é muito divertida. Ela é a mais rebelde, revoltada e abusada da turma, mas no fundo é uma fofa. Aos poucos as barreiras dela vão sendo derrubadas. Me identifico com ela em muitas coisas. E o que mais tenho em comum com ela é a personalidade forte e o estilo roqueira.

VOCÊ SE identifica com alguma atriz da versão mexicana?
Se eu tivesse de escolher uma delas, com certeza seria a Dulce María, por ela seguir essa mesma linha da Roberta, que com certeza é a mais parecida comigo.

ROLOU ALGUMA preparação para fazer a sua personagem, como aulas de canto, dança, ou até mesmo assistir à versão mexicana?
Sim! Tivemos dois meses de oficina intensa para nos prepararmos para a novela. Já assistir à versão mexicana não rolou, porque não queria me influenciar. Quero fazer uma Roberta nova, não imitar a que já existiu.   

COMO É o seu relacionamento com o elenco da novela?
É muito bom. A oficina ajudou a nos unir e a criar um grupo muito entrosado. Adoro os cinco e me divirto muito com todos eles. O bom da união que construímos é que todo dia de trabalho é uma diversão só. Qualquer brecha na gravação passa a ser um período de risadas sem fim.

VOCÊS PENSAM em formar um grupo musical fazendo shows e gravando CDs, como o grupo mexicano?
Tem muita coisa que estamos descobrindo aos poucos. Agora o nosso desafio é a novela, o que virá no futuro só os diretores sabem, mas com certeza a proposta é manter a característica musical do projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário